UMA AULA SOBRE O DECRETO 201/67

 

 

Depois da decisão monocrática da Justiça, concedendo liminar interrompendo os trabalhos da Comissão Processante do Impeachment do sr. Prefeito de Porto Alegre, pensei em fazer uma “Nota à Imprensa”. Explicando as atitudes da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, e tentando responder aos questionamentos e acusações de alguns jornalistas da cidade. Acusações em alguns momentos, injustas. Como vereador de Porto Alegre não espero, nem busco que gostem de mim. Mas esperava justiça e talvez, repito, talvez, um pouquinho de respeito, se não a este vereador, pelo menos a instituição do Legislativo Municipal.

Acordo, leio os jornais do dia, depois ligo o rádio e ouço uma entrevista do jornalista Rogério Mendelski, na rádio Bandeirantes, programa Primeira Hora, com o advogado, professor, especialista em Direito Eleitoral, Antônio Augusto Mayer dos Santos. E o tema e a explanação não poderiam deixar este velho político mais tranquilo quanto a lisura de meus atos, e dos atos da Cãmara de Porto Alegre no enfrentamento deste pedido de Impeachment do Prefeito.

Mais não vou falar, deixo aqui a entrevista completa para os amigos ouvirem e serem esclarecidos. Na verdade, uma pequena aula. Escutem, por favor:

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: